Um grande número de pessoas que iniciam programa de treinamento ou atividade física, vislumbra quase sempre objetivos estéticos, mesmo que a atividade em si tenha como meta auxiliar no combate a algum tipo de intercorrência orgânica.

Porém, a melhora da estética ou da forma é uma consequência da melhora da função, pois o indivíduo só terá condições de alcançar uma boa forma física se as suas funções orgânicas – celulares, fisiológicas, metabólicas, hormonais, neuromusculares, etc. – estiverem preparadas e adaptadas para permitir que isso ocorra.

O aumento da capacidade funcional do corpo é que vai determinar a melhora da forma. Façamos uma comparação: quanto mais conhecimento adquirirmos, maior será a nossa habilidade e capacidade intelectual. Portanto, inexoravelmente “a função sempre deve vir antes da forma” diria  Louis Henri Sullivan, precursor do design moderno.

Advertisements