January 23, 2011

“… todas as partes do corpo que desempenham uma determinada função, se utilizadas com moderação e exercitadas em atividades com as quais cada uma delas esteja preparada, tornam-se automaticamente sadias, bem desenvolvidas e evelhecem mais lentamente; no entanto, se não forem usadas e permanecerem ociosas, acabarão por se tornar propensas a doenças, apresentar crescimento defeituoso e envelhecer com rapidez.”

Hipócrates

Advertisements

O Treinamento Funcional é um método de condicionamento físico que visa trabalhar movimentos e músculos. Pode ser praticado por qualquer indivíduo, em qualquer lugar, independente do seu grau de condicionamento ou objetivo, desde uma  reabilitação física até o alto rendimento. Seu conceito básico consiste em desenvolver todas as capacidades físicas: força, resistência, velocidade, coordenação, flexibilidade e equilíbrio dentro de um único método e sua principal característica  é a de trabalhar com todos os padrões de movimento: empurrar, puxar, agachar, avançar, saltar, arremessar, agarrar, girar, e deslocar-se para todas as direções, das mais variadas formas.

No Treinamento Funcional a unidade central do corpo (chamado de core – músculos que dão suporte para a coluna), é demandada em absolutamente todas as sessões de treino, com o propósito de prevenir lesões. É desse centro do corpo humano que se gera toda a força para a produção de um determinado movimento.

O Treinamento Funcional chega para abranger todas as necessidades físicas necessárias para o ser humano e sobretudo, para resgatar uma de suas  principais naturezas: “a liberdade de se movimentar” gerando mais qualidade de vida para o seu dia-a-dia.